(0 item) - 0,00 €

Não existem produtos no seu carrinho.

Tipos de cigarros eletrónicos

Os cigarros eletrónicos estão disponíveis em grande variedade de formas e tamanhos e estão desenhados para satisfazer a qualquer tipo de utilizador. Se acaba de chegar ao mundo dos e-cigarros, o processo de escolha do dispositivo adequado pode tornar-se um pouco complexo, mas, de forma forma geral, praticamente todos os e-cigarros podem ser divididos em três categorias principais: Mini, Médio e MOD.

Mini (parecidos aos cigarros tradicionais)

Para os utilizadores que estão a dar os primeiros passos no mundo dos e-cigarros, os minis são a opção ideal, uma vez que proporcionam uma sensação mais natural e fazem com que a mudança dos cigarros tradicionais para os e-cigarros seja mais fácil, pois têm o mesmo aspeto e dão a mesma sensação. Um mini (que também tem o nome simplesmente de e-cig) é uma opção pequena e ligeira, que proporciona aos utilizadores um meio cómodo e discreto para obter a dose de nicotina que necessitam. Este tipo de cigarros eletrónicos estão enormemente estendidos e podem ser obtidos em praticamento todo o lado. Além disto, existem minis tanto descartáveis como recarregáveis.

Prós dos Minis: 

  • Oferecem aos fumadores uma transição mais natural
  • São pequenos e ligeiros - como os cigarros tradicionais
  • São discretos
  • Representam a forma mais barata de começar no mundo dos cigarros eletrónicos
  • São ideais para os fumadores moderados ou ocasionais     

Contras dos Minis:

  • As suas baterias duram pouco e é necessário carregar regularmente (no caso de ser um modelo recarregável)
  • Pode acontecer que não satisfaçam plenamente os fumadores mais ativos ou para aqueles que querem disfrutar de um sabor mais forte e consistente
  • Apresentam possibilidades de melhoria limitadas

E-cigarros de tamanho médio e Vape Pens (eGo)

Para os utilizadores intermédios, os modelos de tamanho médio são a opção mais popular, dado que se mantêm relativamente pequenos (têm mais ou menos o tamanho de um cigarro tradicional) mas com uma autonomia maior e produzem mais vapor. Aos fumadores mais ativos costumamos aconselhar que comecem diretamente com um modelo de tamanho médio desde o início, uma vez que têm um rendimento muito melhor e os satisfará muito mais do que um Mini. Entre os modelos mais populares podemos encontrar o eGo, EVOD e kGo. A maioria destes modelos estão baseados no design 510 de três peças, ainda que alguns utilizem o KR808 de duas peças. A diferença para os minis, que estão disponíveis em formato automático ou manual, é que a maioria dos modelos médios funcionam de forma manual pressionando um botão para vapear. Ainda que o uso destes dispositivos possa fazer com que a experiência de fumar possa ser algo distinta da tradicional, proporcionam ao utilizador um maior controlo e têm um rendimento muito maior.

Prós dos Médios:

  • Não são demasiado grandes - têm aproximadamente o tamanho de um tradicional
  • O seu rendimento é o dobro do dos Mini (produzem mais vapor e a sua bateria também dura mais)
  • As roscas da série 510 proporcionam uma ampla variedade de opções aos utilizadores
  • O preço costuma ser razoável.
  • Satisfaz a maioria dos fumadores

Contras dos Médios:

  • São um pouco maiores que os cigarros tradicionais
  • Devem ser controlados manualmente e funcionam, na maioria dos casos, através da manipulação de um botão
  • O seu rendimento não se pode modificar totalmente

APVs ou Mods

Vapeador pessoal MOD

Os vaporizadores pessoais ou MODs proporcionam aos utilizadores a experiência definitiva. Um APV tem habitualmente o aspeto de um tubo grosso que parece uma lanterna (um tubemod) ou de uma caixa do tamanho de um maço de cigarros (um boxmod). A diferença dos modelos mini e médio, que usam uma bateria pré-instalada cilíndrica, é que os mods costumam utilizar células substituíveis de litium de 3.7 watts e incorpora funções que não encontrará noutros dispositivos. Por exemplo, têm uma alimentação líquida integral, tanques de diferentes estilos, leituras digitais, voltagem variável, um controlo eletrónico completo e outras muitas características.

As principais vantagens que os APVs têm é o rendimento proporcionado pelas suas grandes baterias e as funções avançadas que permitem aos utilizadores controlar totalmente todos os aspetos deste dispositivo.

Dado que necessita um certo nível de experiência para apreciar as complexidades que apresentam um APV, os principiantes deveriam começar por utilizar um modelo mini ou médio para que se familiarizem com o uso dos cigarros eletrónicos. Em geral, os novatos tendem a manter-se, afastados dos MODs porque os consideram demasiado grandes ou complexos. Não só se controlam de forma manual, como é difícil compreender as complexidades da sua configuração pelo que é melhor deixar para depois. Mas, apesar de tudo isto, têm um rendimento magnífico, e tornam-se muito atrativos para os utilizadores mais experientes.

Prós dos Mods:

  • O seu rendimento é estupendo! Produz o triplo do vapor que um mini!
  • A bateria dura muito mais
  • A sua fabricação é muito sólida e o dispositivo dura muito tempo em boas condições
  • As suas funções avançadas permitem personalizar totalmente o dispositivo
  • O seu rendimento pode satisfazer as necessidades de qualquer fumador

Contras dos Mods:

  • Podem tornar-se um pouco caros
  • O cuidado com a bateria é mais complexo devido à utilização das células de lítio
  • Deve ser manejado manualmente
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada com suas preferências através de uma análise de seus hábitos de navegação. Se continuas navegando, consideramos que aceitas o seu uso. Poderás mudar a configuração ou obter mais informação visitando: política de cookies.