Umas das causas mais comuns para as reações alérgicas quando se vaporiza é devido ao propileno glicol (PG) que é um dos ingredientes mais utilizados nos e-líquidos em geral, contudo também deveremos ter em mente que algumas pessoas podem ser alérgicas à glicerina vegetal (GV). Os sintomas de alergias podem ser facilmente confundidos com os sintomas de cessação e sendo assim é muito importante saber as diferenças.

Alguns dos efeitos colaterais mais frequentemente observados nos novos vapeadores são:

  • Dores de cabeça
  • Fleuma
  • Úlceras na boca
  • Náusea
  • Tosse
  • Surtos de acne

 

Contudo temos um lado positivo, é que estes sintomas normalmente desaparecem passado algumas semanas uma vez que o corpo se re-ajusta ao facto de não ter mais tabaco e centenas de químicos.

Quando deixa de fumar o seu corpo passa por uma imensa mudança principalmente se foi fumador durante um longo período de tempo. Devido ao facto do tabaco ser misturado com tantos outros químicos e o seu corpo se ter habituado, é preciso tempo para o sistema se libertar totalmente deles, e este período de limpeza pode trazer algumas situações desconfortáveis por vezes.

Os sintomas de uma reação alérgica ao vapeio e os sintomas de cessação podem ser basicamente os mesmos, por isso dizer-lhe a diferença pode ser muito difícil. Se não tem a certeza qual dos dois está a ter, o melhor é parar de vaporizar durante alguns dias para ver se os sintomas desaparecem.

No que toca a alergias resultantes do uso dos e-líquidos, a causa mais comum é o propileno glicol. É o elemento do e-líquido que contém a nicotina e o sabor e o que produz o melhor tipo de vapor. As reações mais leves ao propileno glicol podem incluir: dores de cabeça, náuseas, problemas de sinusite, dor de garganta, e em situações extremas: dormência da face e língua e urticária.

Se baixou o nível de nicotina e tem a certeza que está a ter uma reação alérgica ao seu e-cigarro faz sentido que troque de e-líquidoO problema aqui é que a maioria dos líquidos têm por base o PG, por isso pode ser difícil encontrar um e-líquido que seja somente composto por glicerina vegetal. Uma solução pode ser encontrar um e-líquido feito com uma concentração baixa de propileno glicol.

A medida de 70% (PG)/30% (GV) utilizada pela VAPO é um rácio excelente que agrada à maioria dos utilizadores. É suave o suficiente para ser leve para o sistema ao passo que produz quantidades razoáveis de vapor. Se se encontrar na pequena franja de pessoas que não consegue encontrar um e-líquido à medida, não desista por frustração. Vale a pena dedicar mais tempo para encontrar o e-líquido com nicotina que vá de encontro com o que deseja, em vez de regressar ao tabaco. Problemas com a vaporização acontecem, como em qualquer outra situação, contudo os pontos positivos ultrapassam os negativos!