Mudar para cigarros eletrónicos pode fazer muito pela sua vida. Poderá obter o prazer do dispositivo em quase qualquer local, não terá que se preocupar com o cheiro, nem com as consequências do tabaco e vaporizar pode poupar-lhe muito dinheiro.

Sem dúvida que deve estar por dentro do quão caro custa fumar cigarros tradicionais e de quanto mais caro pode ficar quando se contabiliza todos os gastos a mais, tais como o aumento do prémio dos seguros, os gastos relacionados com a saúde que vêm como resultado de fumar e os custos extra tais como as gomas de mascar, isqueiros, perfumes para disfarçar o cheiro do tabaco etc. Basta numerar, fumar não é barato!

Ao mudar para os cigarros electrónicos, os gastos começam realmente a cair. Muitos fumadores não estão seguros da poupança em termos monetários, uma vez que a sua primeira impressão do vapeio é que tem de pagar aproximadamente 12,99€ por um kit de iniciação. Visto assim parece mais caro em comparação com os 4,45€ gastos num maço de cigarros convencionais. Todavia, há que assinalar que os utilizadores não compram kits de iniciação regularmente. É um custo de uma única vez e em que se começa de imediato a poupar dinheiro. Se bem que é possível que se tenha de adquirir um produto de vez em quando (como cartomizadores e líquidos), e possivelmente, adicionar algumas coisas novas à medida que achar necessário, mas os seus custos vão ser bastante reduzidos quando comparados à compra do tabaco convencional.

Os e-líquidos equivalem aos maços de cigarros, uma vez que são parte do e-cig e que contém o líquido com nicotina e o sabor. O gasto mais importante equivale a compra do kit do cigarro eletrónico, mas depois, o gasto em consumo de tabaco diário de 4,45€ passa a ser aproximadamente 1€ em e-líquido por dia.

Sendo assim a poupança por maço equivale a 4,45€ - 1€ = 3,45€. Em um ano pouparia aproximadamente 1.259,25€!

Sendo assim, está pronto para deixar os maços de tabaco e experimentar esta alternativa?

Os cigarros eletrónicos estão a mudar a forma como os fumadores disfrutam da nicotina e além do mais quem não dava um bom uso a uns quantos milhares de euros a mais todos os anos?