Sabe quais são as formas mais rápidas de queimar as resistências do seu e-cigarro? Como vapeadores, todos nós conhecemos aquela sensação péssima de quando o sabor começa a desaparecer do nosso e-líquido, ou pior ainda, dar uma passa num coil novinho e sentir imediatamente aquele sabor acre do algodão seco queimado.

Aqui iremos tratar das questões mais importantes no que toca a danos causados com dispositivos de vaping e o que poderá  fazer para os evitar. Embora este artigo seja mais direcionado a vapeadores iniciantes, a informação nele contida pode ser útil para todos.

Queimar a resistência antes de vapear

É possível destruir a sua experiência de vaping logo na primeira tragada. Muitas pessoas não sabem que devem aplicar o e-líquido no coil antes mesmo de pensarem em dar a primeira passa.  Ao certificar-se de que os seus coils estão molhados com o líquido antes de os pôr a funcionar, garantirá que o algodão no interior esteja devidamente úmido para a sua utilização. Garanta que o algodão teve tempo de se impregnar até ao centro, e depois aguarde uns momentos antes de utilizá-lo.

Não utilize a resistência a potência máxima

Só porque está gravado no coil de usá-lo entre 30 a 70 watts, não significa necessariamente que deverá vapear a máxima intensidade. Se quer ter a certeza de não danificar o seu coil, mantenha-o ligeiramente abaixo daquele limite. Quanto maior a potência, mais rápido precisará de mudá-lo. Não só corre o risco de dar uma passa em seco (fim do jogo!) como de deitar fora os coils ao utilizar o líquido a altas temperaturas.

Quanto mais tempo for capaz de evitar a acumulação de carbono nos fios, maior será a duração da sua agradável experiência de vaping. A maioria dos coils pré-fabricados apresentam um intervalo de potência gravado na própria peça. Esteja atento e tente vaporear a meia potência, ou até mesmo no nível mais baixo.

Conheça a composição do e-líquido

Outra forma rápida e fácil de desperdiçar ou queimar os coils é simplesmente usar um e-líquido com muita glicerina. Quanto mais doce for o sabor do e-líquido (mais glicerina), mais denso será o aroma e mais probabilidade terá de queimar a sua resistência.

No entanto, isto pode variar, já que se a resistência tiver ohms baixos e mais algodão, poderá absorver melhor a glicerina e o atomizador poderá funcionar corretamente.  

Certifique-se de que chega líquido suficiente aos coils

Se fabrica os seus próprios coils, poderá estar a pôr algodão a mais ou a menos nos coils. Se não dosear a quantidade adequada de algodão, há uma grande probabilidade de conseguir uma passa seca. Descobrir a fórmula de equilíbrio dos pavios é uma busca que pode requerer tempo, paciência, e prática, mas acabará por conseguir.

Com estas ideias aqui apresentadas, deverá ser capaz de manter os seus coils limpos e com uma durabilidade maior. Caso ainda tenha dúvidas, recomendamos também que veja vídeos tutoriais, já que será muito mais fácil e didático para manter as suas resistências em bom funcionamento por muito mais tempo.